PLAY

domingo, 15 de janeiro de 2012

PESSOAS QUE FAZEM OU FIZERAM UMA GARANHUNS MELHOR - NUMERO 25 - BYRON VERAS

                                             Byron Veras é orgulho do esporte Garanhuense.

ESTAMOS NO VIGÉSIMO QUINTO NÚMERO DO QUADRO ´´PESSOAS QUE FAZEM OU FIZERAM UMA GARANHUNS MELHOR´´ E O NOSSO HOMENAGEADO DE HOJE É O ENXADRISTA BYRON VERAS.
BYRON VERAS DE BARROS E SILVA, NASCEU EM RECIFE EM 26 DE JANEIRO DE 1956 E CHEGOU EM GARANHUNS EM 1957.FILHO DE TRADICIONAL FAMILIA GARANHUENSE, O CASAL CLEONICE E AGNALDO DE BARROS E SILVA (IN MEMORIAN).
CASADO COM ISABELLA CHRISTINA DE BARROS E SILVA, O CASAL TEM 4 FILHOS: SHAYRON,JORGE HENRIQUE, GIOVANNA E DANIELLA.
ESTUDOU OS CURSOS PRIMÁRIO,GINÁSIO E CIENTIFICO NO COLÉGIO PRESBITERIANO XV DE NOVEMBRO DE 1960 A 1974.
FEZ O CURSO DE CONTABILIDADE NO COLÉGIO DIOCESANO DE GARANHUNS DE 1975 A 1976.
É GRADUADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS NA FAGA (1978-1981).

FIZEMOS UMA PEQUENA ENTREVISTA COM BYRON:

TIAGO VALENÇA - ONDE ATUOU E ATUA E SUAS FUNÇÕES?

BYRON VERAS - ´´Trabalhei no Banco do Estado de Pernambuco durante 22 anos e 8 meses, como chefe de serviços, chefe de sessão e supervisor, tendo experiência em processos bancários, com enfoque na contabilidade, arrecadação,tesouraria, compensação,cobrança e descontos, considerando fatores técnicos administrativos, humanos e otimização de processos. Usuário de informática com ênfase na utilização de sistema corporativos (1977-1999). Trabalhei na Trópicos Engenharia e Comércio LTDA, com o cargo de chefia na área financeira, administrativa e comercial (2000 à 2003) e finalmente desde 2004, no Colégio Monsenhor Adelmar da Mota Valença na parte financeira e recursos humanos.´´

TIAGO VALENÇA - FALE SOBRE O XADREZ

BYRON VERAS - ´´O Xadrez está se transformando aceleradamente. Nunca antes este esporte havia sido tão difundido através dos meios de comunicação de massa com tanta força como hoje. O número de grandes torneios nacionais e internacionais tem se multiplicado a passos largos. O número e a força dos grandes mestres. Igualmente, vemos com alegria uma grande quantidade de jovens conquistando eventos enxadrísticos de maior prestígio. Esta expansão enxadrística tanto em quantidade como em qualidade, não é casual, e está relacionada a alguns projetos como, por exemplo, a colocação em prática de projetos de massificação do xadrez nas escolas promovido pela Federação Internacional de Xadrez, a um maior patrocínio de eventos por parte de empresas públicas e privadas, a crescente organização de clubes de xadrez, associações e federação e a conscientização dos beneficios propiciados pelo estudo e pela prática sistemática do xadrez.´´

TIAGO VALENÇA - FALE SOBRE OS SEUS HOBBIES

BYRON VERAS - ´´Tenho como hobbies, frequentar clubes, seja esportivo ou de serviço (gosto de ajudar as pessoas). Pertenci a Maçonaria e AMORC, hoje pertenço ao Lions Clube, ao Clube de Xadrez e ao ECC. Tenho consciência de que tenho uma missão a cumprir, e deixar algo de positivo. Encontro na minha família e nos meus amigos apoio, em tudo que faço. Essa troca de energia, é a fonte que me alimenta no dia-a-dia. Com meu pai aprendi,, que quando se faz com amor e fé, tudo vem a seu favor e alimenta a nossa determinação, que leva pensamentos, que leva a atitudes, que leva a ações, que leva a repetições, que leva a habilidade, que leva ao sucesso.Gosto muito de ler e jogar xadrez. O lema da FIDE (Federação Internacional de Xadrez) é ´´GENS UMA SUMMUS´´ (Somos uma família), sejamos uma.´´

TIAGO VALENÇA - QUAL A DICA VOCÊ DÁ A QUEM QUER SE TORNAR UM ENXADRISTA?

BYRON VERAS - ´´Jogar muito (prática) e estudar aberturas e finais. O estudo é importante, e jogar traz experiencia necessária ao bom resultado em torneios. Antes os enxadristas precisavam de frequentar os clubes de xadrez para evoluirem. Hoje, temos a internet, que está mudando os conceitos. Os enxadristas podem jogar em tempo real com qualquer oponente, de qualquer nível de força, em qualquer lugar do planeta, podem estudar e acompanhar as partidas. A consequencia de tudo isto, é a evolução qualitativa do nível dos jogadores.´´

TIAGO VALENÇA - VOCE ACHA QUE GARANHUNS MERECE A FAMA DA CIDADE DO JÁ TEVE E O QUE FAZER PARA MELHORAR ISTO?

BYRON VERAS - ´´Em parte, sim. Para melhorar, precisamos mudar a mentalidade do nosso povo: lutar pelas conquistas e ter gratidão pelo que foi conquistado. Tempos passados, com a emancipação das pequenas cidades vizinhas, Garanhuns perdeu suas riquezas e tornou pobre o seu território. Temos como exemplo, Brejão, maior produtor de café no Brasil, e Caetés que com sua emancipação, seu território ficou maior do que o de Garanhuns (não ha registro de defesa territorial das emancipações dos políticos e nem do povo de Garanhuns). Vi a luta do povo e dos políticos pela FAMEG (FACULDADE DE MEDICINA DE GARANHUNS: FACULDADE PARTICULAR), mas não vi o agradecimento do povo e dos políticos no presente para Garanhuns, de uma Faculdade de Medicina da UPE (FACULDADE GRATUITA). Vi o ano passado o governador, tornar por um dia, Garanhuns, capital de Pernambuco, mas não vi os projetos apresentados para melhorar nossa cidade. Garanhuns tem bons políticos, mas por achar que Garanhuns só é viável para o turismo, perderá o espaço para aqueles políticos com uma visão diferenciada, que em Garanhuns tudo dará certo: que traga industrias para que este povo tão sofrido, que ainda não aprendeu a ter consciencia política, tenha pelo menos um emprego digno, e não seja obrigado a abandonar a sua cidade, por acomodação, falta de luta e gratidão, por tudo que já foi conquistado. Então, Garanhuns, por está orfã de lutas, merece em parte esta fama da cidade do já teve.´´

TIAGO VALENÇA - UM ÍDOLO EM QUALQUER RAMO

BYRON VERAS - ´´Henrique Mecking (Mequinho), pessoa carismática, modesto e atencioso. Foi grande mestre internacional de xadrez. Passou 17 anos afastado por problemas de saúde. Agora que está voltando a jogar e acredita em si. Faço votos para que o mesmo volte ao topo do xadrez mundial. Espero jogar com ele este ano, que foi meu grande ídolo na juventude.´´

TIAGO VALENÇA - UMA FRASE QUE VOCE SE INSPIRA OU USA NO DIA-A-DIA COMO INCENTIVO?

BYRON VERAS - ´´Existe uma grande diferença entre adquirir conhecimento para ganhar a vida e adquirir conhecimento para fazer a vida.´´

TIAGO VALENÇA - O QUE ESPERA PARA O XADREZ EM GARANHUNS NESTE ANO DE 2012?

BYRON VERAS - ´´Recentemente, houve uma parceria na Federação Pernambucana de Xadrez com a Prefeitura, no qual através do Campeonato Pernambucano Absoluto de Xadrez 2011, foi incentivado o xadrez competitivo que teve como objetivo maior a vitória, resultado e a performace. Em 2012, esperamos manter a parceria do xadrez competitivo e ampliarmos para o xadrez educacional, que visa o desenvolvimento do indivíduo nos seus aspectos intelectivos, sociais, éticos,etc. É claro, que estas duas formas de jogar xadrez se interpenetram e a diferença centrando-se na ênfase principal que é transmitida, verbalmente ou silenciosamente, qual seja a vitória ou o aprendizado. São dois aspectos externos que reune a competição e a educação: os torneios e os estudos de aperfeiçoamento. Sempre foi um sonho meu ver chegar um dia onde as pessoas afins de aprender e transmitir conhecimentos enxadristicos através do Clube de Xadrez de Garanhuns e a Prefeitura Municipal de Garanhuns, numa parceria que visa o desenvolvimento da comunidade nos seus vários aspectos, principalmente o educacional e sócio cultural. Podemos acrescentar ainda, a missão primordial da construção da cidadania. Penso que os torneios como forma de competição não são um mal em si. Além do mais, vivemos numa sociedade extremamente competitiva, e porque não dizer, desumana. É também uma preocupação da Federação Pernambucana de Xadrez, ver como nossas crianças estão se preparando para enfrentar esse grande desafio: além de perder o ´´Corpo infantil´´ , com seus próprios conflitos, se depara com o mundo carente de valores humanizadores. Como resultado, vemos aumentar a cada dia o uso de drogas, a violência, o abuso sexual, etc. Através do xadrez, temos a convicção que nossos jovens podem adquirir meios para se afastar dessas ´´doenças sociais´´ , a começar pelos próprios critérios que o xadrez impõe aos praticantes, onde valores internos são desenvolvidos até mesmo sem que o enxadrista perceba e muitas vezes podem parecer um defeito, pois sua crítica e até auto crítica e espírito questionador são bem notáveis. ´´O xadrez educativo não visa formar campeões, mas sim pessoas.´´  Terminamos, enfatizando que é necessário a parceria, para que se adquira competencias, que com certeza vão iluminar o caminho daqueles que tem por bem comum o aperfeiçoamento e desenvolvimento de cidadãos através do xadrez.´´


AGORA MEU HUMILDE COMENTÁRIO

BYRON SEM SOMBRA DE DÚVIDAS, É UM ORGULHO PARA GARANHUNS E REGIÃO. O CONHECI A POUCO TEMPO (PESSOALMENTE) NUM DEBATE ESPORTIVO NUMA RÁDIO DA CIDADE, E VI SUA CAPACIDADE,JÁ CONHECIA PELO NOME, NÃO SÓ COMO ENXADRISTA, COMO PESSOA, MAS COMO TAMBEM UM CARA QUE ACOMPANHA TODOS OS RAMOS DA CIDADE (POLITICA,ESPORTES,TURISMO,ETC). É DE UMA FAMILIA QUE TENHO ORGULHO: A FAMILIA BARROS E SILVA, QUE ALEM DELE, TENHO OUTROS FORTES AMIGOS COMO O GRANDE ZECA (JOSÉ HENRIQUE DE BARROS E SILVA), PROFESSOR ADILSON DE BARROS, JOÃO DE BOLINHA, DENTRE OUTROS MEMBROS DESTA FAMILIA QUE ORGULHA GARANHUNS, ENFIM, BYRON ALEM DE AMIGO, É UMA PESSOA QUE REPRESENTA MUITO BEM NOSSA CIDADE NO CENARIO NACIONAL SENDO PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE XADREZ, E ACREDITO EU, QUE SEJA O PRIMEIRO GARANHUENSE,NÃO DE NASCIMENTO,MAS DE RESIDENCIA E CORAÇÃO, A OCUPAR ESTE CARGO, MERECIDISSIMO. PARABÉNS BYRON, MUITO SUCESSO PARA VOCE E TODA SUA FAMILIA, E QUE VOCE POSSA SEMPRE ORGULHAR NOSSA CIDADE E QUE EU POSSA SEMPRE CONTAR COM A SUA AMIZADE E A DOS BARROS E SILVA.


ALGUMAS FOTOS

                                                      Byron e sua esposa Isabella Christina
                                                     Byron e sua esposa Isabella Christina
                                        Os filhos Shayron,Jorge Henrique,Giovanna e Daniella.
                                                      FIDE Byron e o amigo FIDE Paulo Jorge


                                                    Henrique Mecking (Mequinho), seu ídolo.
                                                    O irmão e o sobrinho Agnaldo Neto.
                                                                  Irmaos de Byron
                                    ´´Meus anjos da guarda (Irmãs Mirtes,Teresinha e Cândida)´´
                        ´´Meu tio João de Barros e minha irmã Ariadne, grande exemplo de vida. ´´
                                                      O Casal com os padrinhos Zeca e Adisa.
                                                      Byron,a mãe Cleonice e a esposa Isabella.
                                                       Clube de Xadrez de Garanhuns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário