PLAY

domingo, 6 de novembro de 2011

PESSOAS QUE FAZEM OU FIZERAM UMA GARANHUNS MELHOR - NUMERO 15 - MISSIONARIAS DE NOSSA SENHORA DE FATIMA

Irmã Mirtes e Candida, Missionárias de Nossa Senhora de Fátima cearenses de nascimento, Garanhuenses de coração.

ESTAMOS NO DÉCIMO QUINTO NÚMERO DO QUADRO ´´PESSOAS QUE FAZEM OU FIZERAM UMA GARANHUNS MELHOR´´ E AS NOSSAS HOMENAGEADAS DE HOJE SÃO AS FREIRAS MISSIONÁRIAS DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E PARA REPRESENTA-LAS, AS IRMÃS CANDIDA E MIRTES.
CANDIDA ARAÚJO CORREA NASCIDA EM 30 DE SETEMBRO DE 1929 E MARIA MIRTES DE ARAÚJO CORREA NASCIDA EM 16 DE SETEMBRO DE 1932, AMBAS NA CIDADE DE IPU - CEARÁ. FILHAS DO CASAL EDGARD CORREA DE CASTRO E SÁ E THEREZA ODETTE ARAÚJO CORREA QUE TIVERAM 10 FILHOS,INCLUSIVE, MAIS UMA FREIRA: A IRMA TEREZINHA ARAÚJO CORREA.
AS IRMÃS CHEGARAM EM GARANHUNS EM 02 DE FEVEREIRO DE 1956. FORAM CO-FUNDADORAS DA ASSOCIAÇÃO DAS MISSIONÁRIAS DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA DO BRASIL EM 1956 E COORDENADORAS LOCAIS DA COMUNIDADE DO COLÉGIO MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA.
AMBAS ATUAM NO INSTITUTO DAS MISSIONÁRIAS DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA DO BRASIL NO COLÉGIO MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA, NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO E NA DIOCESE DE GARANHUNS-PE.

A IRMÃ CANDIDA CURSOU O PRIMEIRO GRAU E O SEGUNDO GRAU MAGISTÉRIO - ESCOLA NORMAL NO COLÉGIO SANT´ANA EM SOBRAL-CE, FEZ O BACHARELADO EM PEDAGOGIA PELA FACULDADE DE FILOSOFIA DO RECIFE-PE.
FEZ LICENCIATURA EM PEDAGOGIA PELA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIENCIAS E LETRAS DA PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATOLICA DE PERNAMBUCO - RECIFE - PE.
FEZ PÓS GRADUAÇÃO EM ´´ESPECIALIZAÇÃO EM PROGRAMAÇÃO DE ENSINO´´ PELA FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE PERNAMBUCO - FESP / UPE EM RECIFE-PE.
TEM VÁRIOS CURSOS DE EXTENÇÃO NA ÁREA DE PASTORAL NO RIO DE JANEIRO, EM MACEIÓ E RECIFE.
FOI PROFESSORA DE PORTUGUES, MATEMÁTICA, MORAL E CÍVICA, HISTORIA GERAL, HISTORIA DO BRASIL,EDUCAÇÃO RELIGIOSA, DIDATICA GERAL, TEOLOGIA PASTORAL EM VÁRIOS COLÉGIOS NO CEARÁ, PERNAMBUCO, ALAGOAS E RIO DE JANEIRO.
FOI DIRETORA DO COLÉGIO MONSENHOR ADELMAR, GARANHUNS-PE, DURANTE 33 ANOS, E ANTES JA TINHA SIDO DIRETORA DE UM GINÁSIO EM CORRENTES-PE E MACEIO-AL.
É REDATORA E APRESENTADORA DO PROGRAMA CATOLICO ´´ A VOZ DA DIOCESE´´ , MENSALMENTE ATRAVÉS DA RADIO JORNAL DE GARANHUNS.
PARTICIPOU DE VÁRIOS CONGRESSOS NO RIO DE JANEIRO-RJ, RECIFE-PE, SALVADOR-BA,SAO PAULO-SP, MACEIO-AL, GARANHUNS-PE, FORTALEZA-CE, CARUARU-PE, INCLUSIVE ´´SEMINAR IN ISRAEL´´, EM FEVEREIRO DE 1996.
PUBLICOU VÁRIAS OBRAS, DENTRE ELAS, DIREÇÃO E REDAÇÃO DA REVISTA ´´SURSUN CORDA´´ - SOBRAL-CE, CONFERENCIA EM PREPARAÇÃO AO TERCEIRO CONGRESSO EUCARISTICO DE GARANHUNS PUBLICADA EM ´´O MONITOR - GARANHUNS-PE´´, COORDENAÇÃO DO LIVRO ´´NOSSA FAMILIA - TESTEMUNHANDO AFETOS´´ - FORTALEZA-CE, COORDENAÇÃO DO LIVRO MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA, VIDA E OBRA - GARANHUNS-PE.
RECEBEU VÁRIAS CONDECORAÇÕES, EM ESPECIAL, O TITULO DE CIDADÃ HONORÁRIA DE GARANHUNS-PE.

A IRMA MIRTES CURSOU O PRIMEIRO GRAU E O SEGUNDO GRAU MAGISTÉRIO NO COLÉGIO SANT´ANA SOBRAL-CE.
FEZ BACHARELADO EM LETRAS ANGLO GERMANICAS PELA FACULDADE DE FILOSOFIA DO RECIFE-PE.
FEZ LICENCIATURA EM LETRAS ANGLO GERMANICAS PELA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIENCIAS E LETRAS DA PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATOLICA DE RECIFE-PE.
FEZ O CURSO DE SECRETARIA DE ESTABELECIMENTO DE ENSINO SECUNDÁRIO PROMOVIDO PELA DIRETORIA DO ENSINO SECUNDÁRIO EM RECIFE.
TEM VÁRIOS CURSOS DE EXTENÇÃO NO RIO DE JANEIRO, MACEIO,RECIFE E GARANHUNS.
FOI PROFESSORA DE GEOGRAFIA, HISTORIA,INGLES,LATIM, ARTES APLICADAS E PORTUGUES EM VARIOS COLÉGIOS DO CEARÁ,PERNAMBUCO,ALAGOAS E RIO DE JANEIRO.
FOI DIRETORA,TESOUREIRA E SECRETARIA DO COLEGIO MONSENHOR ADELMAR EM GARANHUNS E DIRETORA DO COLÉGIO MONSENHOR LUIZ BARBOSA EM MACEIO.
É APRESENTADORA DO PROGRAMA CATOLICO ´´ A VOZ DA DIOCESE´´ , MENSALMENTE ATRAVÉS DA RADIO JORNAL DE GARANHUNS.
PARTICIPOU DE VÁRIOS CONGRESSOS NO RIO DE JANEIRO-RJ, RECIFE-PE, SALVADOR-BA, MACEIO-AL, GARANHUNS-PE E  FORTALEZA-CE, INCLUSIVE ´´SEMINAR IN ISRAEL´´, EM FEVEREIRO DE 1996.
OBRAS PUBLICADAS: DIREÇÃO E REDAÇÃO  DA REVISTA ´´SURSUN CORDA´´ - SOBRAL-CE,COORDENAÇÃO DO LIVRO ´´NOSSA FAMILIA - TESTEMUNHANDO AFETOS´´ - FORTALEZA-CE, COORDENAÇÃO DO LIVRO MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA, VIDA E OBRA - GARANHUNS-PE.
RECEBEU VÁRIAS CONDECORAÇÕES, ENTRE ELAS, O TITULO DE CIDADÃ HONORÁRIA DE GARANHUNS-PE.

AS IRMÃS FALARAM TAMBEM VARIOS ASSUNTOS, DENTRE ELES, O COLÉGIO CMA, MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA E A CANONIZAÇÃO DE DOM FRANCISCO EXPEDITO LOPES. VEJA ABAIXO:



            Colégio CMA e seu fundador e primeiro diretor o Mons Adelmar da Mota Valença.

MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA

"Viver, todos nós vivemos, porém, passar pela vida deixando marcas indeléveis é um privilégio de poucos. Monsenhor Adelmar da Mota Valença se destaca entre estes.

Durante muitos anos de vida sacerdotal, Mons. Adelmar foi sempre o 'Padre' modelar, cheio de piedade, zelo, ciência e santidade, dentro de uma linha de austeridade, mas um coração grande e solidário, foi o apanágio do seu apostolado.

Educador que conseguia transformar muitos jovens de comportamentos rebeldes, em pessoas conscientes, responsáveis e normais. O sucesso desta educação atraiu muitos jovens de outros Estados, vindos de cidades diversas para o Internato do seu Colégio Diocesano.

Admirado por todos que o conheciam, pés firmes no caminho, cabeça erguida, mas humilde, acolhendo, com bondade muitos que procuravam seus sábios conselhos e oportunas orientações. Vida marcada com o sinal do amor, da paz, olhos vigilantes, vida que não se poupava: - Vida Doação.

Seu raio de poderosa moral teve a melhor repercussão no comportamento das atividades educacionais, como também sociais, intelectuais, política e profissionais de Garanhuns e outras cidades. Na grandeza de sua observação sábia, da maneira de ir até o âmago das questões e na grandeza de sua inteligência, sempre encontrava meios de resolver os problemas mais difíceis, subtendidos ao seu exame de deliberação.

Desenvolveu seu apostolado com fé e caridade, síntese de sua alma. E na manifestação vida do mandato divino recebido, suas maiores preocupações se dirigiam para os pobres.

Sabia agir com a mais flexível autoridade, fazendo-se amar pela justiça e desenvolvendo sempre sua existência dentro do maior rigor com ele mesmo.

Dele guardamos, para sempre, as marcas de sua personalidade, sua justiça, humildades, solidariedade, paz e santidade!

E festejando no Céu, como na Terra, tenhamos a certeza do acolhimento divino, contando com a carinhosa benção protetora da Mãe de Deus."

MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA

"Quis Deus que chegasse em Garanhuns, no século passado, uma família honrada, honesta, batalhadora, temente a Deus que soube enfrentar todos os desafios para educar uma numerosa prole. 

Abilio Camilo Cordeiro Valença e Emilia Benvida da Mota Valença fortes alicercer em que foi constituida a família Valença.
Lar abençoado onde a nobreza de sentimentos dos pais, cientes de sua missão, se perpetuou através de seus descendentes, que continuam testemunhando o amor, a integridade, a fé, a cultura, enriquecendo assim o patrimônio cultural de Garanhuns.

Foi desta estirpe que surgiu o nosso inesquecível Monsenhor Adelmar da Mota Valença, sacerdote íntegro, vigoroso e destemido, gloriosamente respeitado por todos. Homem de fé, humilde, justo, acolhedor, grande Servidor dor irmãos.

De inteligência privilegiada e grande cultura, seu valor era reconhecido por todos e sua humildades superava os elogios. Sempre que era homenageado dizia: 'O melhor é merecê-los sem os ter, que possui-los sem merecer'.

Monsenhor Adelmar, o oitavo filho desta família abençoada, austero disciplinado, de uma bondade sem limite e de generosas atitudes. Assim era o Monsenhor Adelmar, cuja função eclesiástica obteve por merecimento e pelas graças divinas.

Mons. Adelmar foi por anos Diretor do Colégio Diocesano de Garanhuns e idealizador, fundador e 1º Diretor do Antigo Ginásio do Arraial, hoje Colégio Mons. Adelmar da Mota Valença.

Viver, todos nós vivemos, porém, passar pela vida deixando marcas indeléveis é um privilégio de poucos. Mons. Adelmar se destaca entre estes.

Durante muitos anos de vida sacerdotal, Mons. Adelmar foi sempre 'O Padre' modelar, cheio de piedade, zelo ciência e santidade, dentro de uma linha de austeridade, mas um coração grande e solidário, foi o apanágio do seu apostolado.

Educador que conseguia transformar muitos jovens de comportamentos rebeldes, em pessoas conscientes, responsáveis e normais. 

O sucesso desta educação atraiu muitos jovens de outros Estados, vindos de cidades diversas para o Internato do seu Colégio Diocesano.

Seu raio de poderosa moral teve a melhor repercussão no comportamento das atividades educacionais, como também sociais, intelectuais, política e profissionais de Garanhuns e outras cidades. 

Na nobreza de sua observação sábia, da maneira de ir até o âmago das questões e na grandeza de sua inteligência, sempre encontrava meios de resolver os problemas mais difíceis, subtendidos ao seu exame de deliberação.

Desenvolveu seu apostolado com fé e caridade, síntese de sua alma. E na manifestação vida do mandato divino recebido, suas maiores preocupações se dirigiam para os pobres.

Sabia agir com a mais flexível autoridade, fazendo-se amar pela justiça e desenvolvendo sempre sua existência dentro do maior rigor com ele mesmo. Monsenhor Adelmar, tipo completo do autêntico Educador.

Mons. Adelmar, falava forte, mas com muito amor e este seu exemplo estimulava a formação de todos. Fazia respeitar até pelo olhar e gestos. Sabia conduzir sua Fé e com esta permanencia presente nas suas ações de Sacerdote. Tinha zelo pelos educadores, dava tudo de si para torná-los cidadãos de bem."

DEPOIMENTOS DE ALGUNS EX-ALUNOS

"Mons. Adelmar Homem que sempre pensou com clareza, falava com inteligência, vivia com simplicidade".

"Mons. Adelmar dedicou toda a sua existência formando valores para Garanhuns, Pernambuco e Brasil."

"Nunca fez distinção do pobre ou rico, todos para ele tinham o mesmo valor cristão e social."

"Obrigado Mons. Adelmar, por tantos exemplos - quantos! Que encontrei em tua vida, em tua oração constante, mostrando-me Deus em tudo, na tristeza, na alegria, mostrando-me Deus em todos, modelo de amor ao próximo, ensinando-me a rezar, sem exigir, sem impor, sem porquês e sem revolta, entregando tudo a Deus sem desculpas para o mal, sem barreiras par o bem...

Obrigado Mons. Adelmar, em nome doa que não crêem. Em nome dos que não rezam, dos que nunca te agradecem.

Obrigado Mons. Adelmar, por tantas graças, desde a menos destas graças, até a graça impossível, apontando-me Maria como Senhora das Graças...

Obrigado Mons. Adelmar, por teu exemplo de Amor ao transformar minha frase em: 'Obrigado, Senhor!'


CANONIZAÇÃO DE D.EXPEDITO:  (POR IRMÃ CANDIDA E MIRTES).

´´Em 13 de Outubro de 2003, Dom Irineu Roque Scherer, 9o Bispo de Garanhuns, a pedido do Instituto das Missionárias de Nossa Senhora de Fátima no Brasil, do qual o mesmo D.Expedito foi fundador, reabriu  o processo de beatificação e canonização D.Francisco Expedito Lopes, 5o Bispo de Garanhuns, falecido em 2 de Junho de 1957. Em 12 de dezembro de 2003, a Santa Sé, concedeu o documento ´´Nihil Obstat´´ (nada impede) para o prosseguimento do processo. Em 2 de Outubro de 2005, houve o encerramento, no Brasil, do Tribunal Diocesano em vista da Beatificação e Canonização do Servo de Deus Dom Francisco Expedito Lopes. Em 17 de Fevereiro de 2006, Dom Irineu Roque Scherer, em audiencia com o Prefeito da Congregação da Causa dos Santos, Cardeal D.José Saraiva Martins, fez a entrega, em Roma, da documentação de referido Tribunal Diocesano. A Providencia Divina deu-nos para substituição do nosso querido D.Irineu, um novo Pastor identificado com os árduos trabalho de canonização dos Santos e grande admirador da Santidade do Nosso Servo de Deus Dom Expedito Lopes. Esta Graça, seria de extraordinário proveito para o prosseguimento mais rápido da caminhada desta tão importante causa. O Senhor trouxe uma grande dádiva para Diocese de Garanhuns: Dom Fernando José Monteiro Guimarães, CSSR, 10o Bispo Diocesano. Para alegria de todos, Dom Fernando ao assumir a nossa Diocese, traz consigo o ´´Certificado de Validade´´ do Processo de Canonização de Dom Expedito. Dom Fernando com muita disposição, entusiasmo e vibração, colocou como uma das diretrizes do seu programa de governo, dinamizar esse Processo. De imediato, entre outros planos, instaurou no Palácio Episcopal de Garanhuns, um Memorial para visitação do povo no local onde se deu o grande holocaustro do nosso Bispo Martir, contendo uma preciosa relíquia, folders, livros e artigos sobre Dom Expedito. Nosso grande Louvor ao Senhor, por todas estas bençãos ! Acreditamos que estes novos caminhos apresentados por nosso bispo não são somente possíveis, mas necessários. Pedimos a Maria que Interceda junto ao Senhor para alcançarmos a grande Graça de vermos brevemente nosso Santo Bispo Martir Dom Francisco Expedito Lopes, cultuado nos altares.

TIAGO VALENÇA - O QUE ESPERAM PARA GARANHUNS EM 2012 ?

IRMÃ CANDIDA E IRMA MIRTES - ´´ GARANHUNS E O BRASIL PRECISAM DE PAZ!!! ´´

E PARA FECHAR ESTA HOMENAGEM UM PEQUENO E HUMILDE COMENTÁRIO DO AUTOR DESTE BLOG

PRIMEIRAMENTE QUERO AGRADECER A ESTAS DUAS GRANDES MULHERES, QUE NOS RECEBERAM COM MUITO CARINHO, APESAR DAS MUITAS OCUPAÇÕES E GRANDES SERVIÇOS PRESTADOS A NOSSA COMUNIDADE. PARA FALAR DELAS, POSSO DIZER COM ORGULHO, QUE MINHA MAE CARMEN, MINHA TIAS CRISTINA E CORINA, FORAM SUAS ALUNAS, NO ANTIGO GINÁSIO DO ARRAIAL, HOJE CMA (COLEGIO MONSENHOR ADELMAR), BATIZADO COM ESTE NOME PELAS IRMÃS, QUE TENHO DE AGRADECER, POR HOMENAGEAR ESTE GRANDE HOMEM QUE TIVE ORGULHO DE CONVIVER COM ELE E SER SEU SOBRINHO. PARABENS IRMAS, CONTINUEM ASSIM, SENDO ESSAS PESSOAS MARAVILHOSAS, AMIGAS E LUTANDO PELA PAZ, PELA JUVENTUDE GARANHUENSE E PELA CANONIZAÇÃO DE DOM EXPEDITO! .


                                             Pais das Irmãs Candida, Mirtes e Terezinha





Um comentário:

  1. Diocesano, saudades do internato, saudades do diretor Mons. Adelmar, nesta casa vivi 4 anos,
    saudades do refeitoário, saudades do campo de futebol, saudades da piscina, enfim Saudades do Gigante da Praça da Bandeira, o tempo passa mais as boas lembranças ficam em nossos corações...

    ResponderExcluir